Regra para academia no RJ pode resultar em aumento do sedentarismo

A lei passou a valer no início do ano, mas ter um profissional de educação física no local não sai por menos de R$ 6 mil por mês

Uma lei estadual no Rio de Janeiro, que obriga a contratação de um professor para academias que funcionam dentro de condomínios, permanece gerando muita polêmica. Dezenas delas estão fechando e a consequência é um aumento expressivo do sedentarismo, que é a quarta maior causa de mortes no mundo.


Produzido por : Base Software